Curso FB I - Santíssima Trindade

Aprofundamento da experiência com Trindade Santa por meio da doutrina da Igraja e da oração

Grupo de Oração Shalom!

Venha viver uma experiência com o amor de Deus!

Caminho da Paz

Itinerário Espirital da Comunidade Shalom

27 maio 2013

Corpus Christi 2013 na Diocese de Campina Grande - Obra Shalom de Campina Grande convocada!

Olá irmãos e irmãs!

Segue abaixo a programação da festa de Corpus Christi na Diocese de Campina Grande:



10:00 - Missa na Catedral - Dom Manoel Delson
11:30 - ADORAÇÃO ao Santíssimo Sacramento (Até 14h45)
15:00 - Missa, Procissão e Bênção do SSmo. Sacramento na Catedral - Dom Manoel Delson
Contamos com a presença de todos para juntos estarmos diante do Cristo presente de forma real e total na Eucaristia.

Shalom!

23 maio 2013

Filme "Pequeno Milagre": - EU SOU UM MILAGRE -

Olá irmãos,

Esse filme será discutido hoje na reunião de pastoreio da Obra Shalom Campina Grande.

Quem puder, assista, é uma grande lição de vida para todos nós!

,

Shalom!

Alemanha reconhece legalmente: os bebês em gestação são pessoas!

Na Alemanha, agora é possível dar legalmente um nome, e, portanto, uma identidade jurídica e um sepultamento oficial aos bebês nascidos mortos, mesmo que ainda com peso inferior a 500 gramas.

Até agora, na Alemanha, eram chamados Sternenkinder, filhos das estrelas. O nome deles era de fato escrito apenas no céu, nenhum vestígio sobre a terra. Hoje, esses pequenos nascidos mortos podem ser registrados civilmente pelos pais que desejarem e podem ter um enterro apropriado. Estabelecida por Bundestag a lei entrou em vigor na quarta-feira.

Os nascituros, embora mortos durante a gravidez, são, então, oficialmente incluídos no “mundo” dos seres humanos.

O ser humano é sempre um ser humano: desde o primeiro momento, quando começa a aparecer no mundo da existência, quando o chamamos embrião ou feto, já é um de nós. A lei alemã indica um caminho, mas há ainda um longo caminho pela frente, para chegar a afirmação de que o homem é sempre portador de uma igualdade e de uma dignidade que é um valor supremo, e deve ser sempre respeitado.

É o caminho seguido por UnoDiNoi. A coincidência com a lei alemã reforça a campanha para recolher assinaturas e pressionar as instituições europeias a assumirem o caso da dignidade do embrião que a iniciativa propõe.

Fonte: http://www.comshalom.org/blog/carmadelio/34558-a-alemanha-reconhece-legalmente-os-bebes-em-gestacao-sao-pessoas

21 maio 2013

Moisés e Emmir falando sobre o Pentecostes com o Papa

video


Shalom!

20 maio 2013

Mil Ave-Maria's na Obra Shalom de Campina Grande

Olá pessoal,

No próximo dia 29/05, a partir da 14 horas, a Obra Shalom de Campina Grande realizará um grande momento de intercessão por todos os trabalhos e eventos de evangelização que iremos realizar ao longo de 2013. Para tanto, rezaremos 1000 Ave-Maria's, suplicando a intercessão da Rainha da Paz, em vista de cumprirmos com eficiência a vontade de Deus!


Pedimos aos membros da Obra e a todos os que se interessarem em participar conosco deste momento, que entrem em contato com Gustavo ou Roberta para informarem a disponibilidade de horário, através dos fones 8111-1519 / 8758-5254 ou pelo e-mail  obrashalomcampinagrande@gmail.com.

Shalom!

14 maio 2013

Adoração ao Santíssimo na Comunidade Obra Nova



Lembramos a todos os membros da Obra Shalom Campina Grande que a Adoração ao Santíssimo deste mês será realizada na próxima sexta-feira, dia 17, na Comunidade Obra Nova, a partir das 19h30min, como de costume.
Convidamos também todos os interessados em nos acompanhar nesse momento de encontro com o Senhor Jesus, presente de maneira real na Eucaristia.

Até lá.

Shalom!

06 maio 2013

Moysés Azevedo às famílias: não se isolem, tenham coragem e fé

A vocação da família é ser espelho da comunhão do amor divino. Para cumprir essa missão é necessário ter coragem e fé para optar sempre por promover a felicidade do outro e não centralizar-se nos próprios problemas. Essa foi a mensagem deixada ontem pelo fundador da Comunidade Católica Shalom, Moysés Azevedo, durante palestra no Congresso Nacional das Famílias, realizado de 3 a 5 de maio, em Fortaleza. Moysés abordou a frase do Evangelho de São João que foi o tema do evento neste ano: “Se creres, verás a glória de Deus”.

Cerca de 1600 pessoas vindas de vários estados, especialmente da região Nordeste, participaram do evento. “Acredito que há coisas que Deus só fala e opera em nós quando estamos juntos”, afirmou Moysés. Na manhã de domingo, o Centro de Convenções de Fortaleza mais lembrava um parque onde famílias com bebês acomodavam-se livremente para ouvir a palestra e crianças brincavam em um espaço a parte, dentro do auditório.

“É essência do cristianismo a comunhão. A família, que é imagem da Trindade e igreja doméstica, não verá a obra de Deus acontecer se insistir em viver isolada. Mas, à medida que se dispõe a viver em comunhão com Cristo, com a comunidade e a Igreja, encontra a autêntica identidade do ‘ser família”, explicou.

“Recusem-se a se isolar, a ficar voltados para si mesmo, para os desafios. Lembrem-se: a superação das circunstâncias da vida pessoal, familiar, profissional e educacional estará na comunhão que vocês terão entre si e com a obra de Deus. Nela, encontrarão a força do amor de Deus. Isolar-se é se afastar do grupo de oração, da Igreja, é voltar-se para si mesmo, cercar-se dos próprios problemas, sem reconhecer que a solução deles passa pelo olhar para Deus e para a vida comum. Esse olhar nos dá força para construir a nossa família segundo a verdadeira identidade dela”.

Segundo Moysés, o “mundo” está empreendendo uma contínua doutrinação contra a família. Aqui, ele se refere ao mundo que foi construído pela mão dos homens feridos pelo pecado, pelo demônio, que incitou o homem ao pecado original. É o mundo cujos valores e mentalidades corrompem e são contrárias ao Evangelho e à felicidade plena do homem:

“O Papa Francisco gosta muito de falar sobre o mundanismo, que é o conjunto de valores que estão contra o Evangelho. Você vai encontrá-lo em conversas, na televisão, na internet, muitas vezes no pensamento dos intelectuais e, o que é pior, dentro de você. É uma questão de salvação identificarmos esses valores que se fazem de exaltadores do homem mas que, na verdade, o destroem”.

Moysés destacou a finalidade da existência humana, dos estados de vida e das vocações: o Amor. Para acreditar na única verdade é necessária a fé. “O homem foi criado para o amor, quem foge disso vive na infelicidade. Não é o sacrifício pelo sacrifício, é por amor ser capaz de se sacrificar. Quando o mundo diz que o sacerdócio, o celibato e a família estão falidos, está querendo dizer que o homem é incapaz de amar, negando, assim, sua identidade mais profunda. Está dizendo que você é um bicho. Mas a Igreja diz que somos capazes de amar, de gerar e educar muitos filhos, de nos dedicar à evangelização”, concluiu.

Católicos confirmam apoio à Igreja em página do Fantástico

E começa mais uma onda de achincalhamento à Igreja Católica no Brasil. Desta vez a grande mídia embarcou de carona na traição de  Pe. Beto, da Diocese de Bauru, sacerdote que de modo contumaz desobedeceu à Igreja e às autoridades às quais jurou – livremente – obediência. Pe. Beto traiu a Igreja, teve a arrogância de pedir que a instituição de 2 mil anos de adequasse ao seu modo relativista de pensar.

Para se ter uma ideia do desatino do reverendo, em vídeos facilmente encontrados na internet, o padre propaga uma apologia à  traição e bissexualidade no matrimônio e quer o apoio da Igreja para tanto. Um despautério inaceitável. Se quer ser um imoral, que o seja fora da instituição, não queira  que a Igreja seja conivente de suas tontices.
Dado o comportamento recorrente do teólogo, a Diocese de Bauru não teve outra opção  a não ser aplicar-lhe a pena da excomunhão, algo previsto no direito eclesiástico e de completo conhecimento do insurreto.  Foi o suficiente para uma legião de organizações partirem em defesa do  padre, agora, fora da comunhão da Igreja Católica.
A imprensa se encarregou de dar um motivo que não corresponde com a verdade. Espalhou aos quatro ventos que a Diocese de Bauru excomungou o padre Beto por ele defender a homossexualidade. Mentira deslavada. Portais e programas de diversas emissoras insistem em divulgar uma mentira, colocar o padre excomungado como vítima e a igreja como vilã, transformando o fato em mais uma  novela popularesca.
Contudo, os católicos que amam e defendem a Igreja não ficaram em silêncio. Após saber que o tal padre seria uma das atrações da revista dominical Fantástico da TV Globo, os internautas criaram a hastag #EuApoioAIgrejaCatólica e centenas de pessoas escreveram o conteúdo na fanpage da atração que conta com mais de um milhão de “curtidas”.
Veículos de comunicação mentem ao dizer que padre foi excomungado por defender homossexuais.
A repercussão foi tanta que mais uma vez a Diocese de Bauru se pronunciou a fim de dar visibilidade à verdade contra as mentiras divulgadas pela grande mídia.
Acompanhe a íntegra do pronunciamento:
Tendo em vista as notícias divulgadas sobre a excomunhão do Reverendo Pe. Roberto Francisco Daniel, como Juiz Instrutor esclareço que:
1. Foi no exercício de meu ofício que, como Juiz Instrutor, “declarei” a excomunhão no qual o padre incorreu por sua livre opção;
2. A excomunhão ocorreu Latae Sententiae, ou seja, de modo automático em virtude da sua contumácia (obstinação) num comportamento que viola gravemente as obrigações do sacerdócio que ele livremente abraçou;
3. Os meios de comunicação têm uma grande missão em informar a sociedade segundo a verdade. Não corresponde a verdade a notícia veiculada em alguns meios de comunicação de que o reverendo Pe. Roberto Francisco Daniel foi excomungado por defender os homossexuais. Isto não é matéria de excomunhão na Igreja;
4. A excomunhão foi declarada porque ele se negou categoricamente a cumprir o que prometera em sua ordenação sacerdotal: fidelidade ao Magistério da Igreja e obediência aos seus legítimos pastores.
Bauru, 30 de abril de 2013.
Padre excomungado assume apologia à homossexualidade
O deputado federal pelo Psol Jean Wyllys que parece já ter começado  sua campanha para as próximas eleições não perdeu tempo e já divulgou o padre excomungado como membro participante da mesa do Seminário de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT). Provavelmente Pe. Beto ocupará o lugar do Reverendo Marcio Ratamero  aquele que disse nesse seminário realizado em 2011 que disse que seria capaz de “pegar em armas” para combater a ideologia dos “desgraçados” e ”fundamentalistas religiosos”, termos que usa para designar os políticos e defensores da fé cristã e da família.
O parlamentar e ex-bbb é conhecido pela intolerância a quem pensa diferente de sua ideologia. Pelo Twitter já chegou a chamar o titular deste blog de imbecil por duas vezes, postura inaceitável para alguém eleito para representar o povo.

02 maio 2013

Entrega do Youcat aos membros do Grupo Parresia

Olá amigos,

No último dia 20/04/13, os membros do Grupo Parrresia receberam o Youcat. foi um momento de grande alegria e incentivo à leitura do Catecismo da Igreja Católica escrito em uma linguagem voltada para jovens.

Clique na imagem abaixo para visualizar o álbum:





Que Deus abençoe todos os mebros com o dom da parresia!

Shalom!

Papa: "A Igreja é uma comunidade do 'sim', porque nasce do amor de Cristo."

A Igreja é uma comunidade do “sim”, porque nasce do amor de Cristo. Foi o que disse o Papa

O Papa Francisco deu destaque aos primeiros passos da Igreja que, depois de Pentecostes, saiu para se dirigir às “periferias da fé” a anunciar o Evangelho. O Espírito Santo, disse ele, faz duas coisas: primeiro impulsiona, criando inclusive discórdias, e depois harmoniza a Igreja. Foi o que aconteceu em Jerusalém, entre os primeiros discípulos, com tantas opiniões sobre o acolhimento dos pagãos na Igreja.

Há quem dizia de “sim” e quem dizia de “não”, recordou o Pontífice, dizendo: “O Espírito Santo devia fazer a segunda tarefa, harmonizar todas essas posições, a harmonia da Igreja. Trata-se de um belo trabalho que o Espírito Santo faz sempre na história. E quando nós não o deixamos trabalhar, começam as divisões na Igreja, as seitas, todas essas coisas... porque estamos fechados à verdade do Espírito”.

Jesus, acrescentou o Papa, pede a todos nós que permaneçamos no seu amor. Eis então que deste amor nasce a obediência aos mandamentos. Esta é a comunidade cristã do ‘sim’, que permanece no amor de Cristo. É este amor, afirmou ainda o Pontífice, que nos leva à fidelidade ao Senhor:

“É uma comunidade do “sim” e os “nãos” são consequência deste “sim”. Peçamos ao Senhor que o Espírito Santo nos assista sempre para nos tornar comunidade de amor, de amor a Jesus que tanto nos amou. E deste sim, realizar os mandamentos. E nos defenda da tentação de nos tornar, talvez, puritanos, no sentido etimológico da palavra, de buscar uma pureza ‘para-evangélica.”

Eis então, concluiu o Papa, que “quando uma comunidade cristã vive no amor, confessa seus pecados, adora o Senhor, perdoa as ofensas. E tem caridade para com o outro.”
Francisco esta manhã, na homilia da missa celebrada na Capela da Casa Marta, da qual participaram funcionários dos Museus Vaticanos:

Fonte: http://www.comshalom.org/noticias/exibir.php?not_id=7765